Escolha uma Página
Guia Michelin: Um dos mais emblemáticos exemplos de Marketing de Conteúdo da história

Guia Michelin: Um dos mais emblemáticos exemplos de Marketing de Conteúdo da história

Procurando um exemplo de marketing de conteúdo? Que tal olharmos para 100 anos atrás?

O termo Marketing de Conteúdo tem crescido bastante no mundo desde 2012. Aqui no Brasil, especialmente nos últimos 2 anos. Mas a realidade é que poucas pessoas sabem do que se trata – elas não sabem identificar quando se está praticando o Content Marketing.

Na verdade, uma das maiores e mais bem sucedidas peças de marketing de conteúdo foi desenvolvida e lançada em 1900, quando os fabricantes de pneus Andre e Edouard Michelin se depararam com um grande problema.

Na época, havia apenas 3.000 carros na França. Como fazer com que as pessoas tivessem mais vontade de ter um carro e, consequentemente, houvesse mais necessidade de pneus no mercado?

Sem essa resposta, a estratégia de crescimento da empresa se limitaria muito em função do número de carros existente [e estes sem serem usados o suficiente].

Então, os irmãos tiveram que pensar, pensar, pensar e planejaram uma maneira de aumentar a demanda por carros, consequentemente, por seus pneus.

E daí nasceu o Guia Michelin – uma das mais emblemáticas estratégias de Marketing de Conteúdo de toda a história.

Entenderam onde isso vai dar?

A idéia era simples: criar um guia para os motoristas que incluísse os melhores hotéis para se hospedar e os melhores restaurantes para comer durante a viagem. Isso incentivou mais pessoas a viajarem pelo país – 1) Aumentando a demanda por carros e, por tabela, 2) Aumentando o desgaste dos pneus.o para outros países. Seu conteúdo deve fazer parte de um programa maior, de longo prazo, que vai crescendo aos poucos. Mas tudo começo com o UM, com o simples.

Mais carros = Mais pneus. Genial.

35.000 foram as cópias impressas ssra a primeira edição e o guia Michelin foi um sucesso desde então.

Depois de sucessos e fracassos na versão francesa, eles levaram o Guia para novos países.

Em seguida, eles começaram a cobrar pelo Guia. Para isso, aumentaram a percepção de valor listando os hotéis e restaurantes por categorias.

Como se não bastasse, vieram as estrelinhas para classificar os estabelecimentos indicando quais valeriam mais a pena por isso ou por aquilo outro.

Mais 100 anos depois, o Guia Michelin abrange 23 países e não para de crescer. As inovações não pararam (Guia Verde Michelin) e faz dele o mais famoso sistema de classificação de restaurantes do mundo.

Tudo isso por uma empresa de pneus – que é a marca mais lembrada no mundo inteiro causa disso. Isso é Marketing de Conteúdo.

Algumas dicas que aprendemos com André e Edouard:

1) Expanda um pouco seu pensamento

Você pode encontrar a melhor maneira de aumentar a demanda para seus produtos ou serviços aumentando a demanda por um produto ou serviço “vinculado”, ou mesmo colocando seus esforços em promover a sua indústria como um todo.

2) Dê real utilidade ao seu conteúdo

Como provado pela Michelin, seu conteúdo não tem que ser especificamente sobre o que você está vendendo – contanto que seja um conteúdo relevante e útil para seu público. Isso fará sua marca ser lembrada por ele.

3) Comece pequeno, mas pense grande

O Guia Michelin começou simplesmente como UM livro. Não O livro ou um ebook, uma animação, um infográfico, um hangout (Claro, essas mídias não existiam). Mas era UM livro.

Passaram sete anos antes de se expandir para novos países.

Do seu lado, pense assim: “Meu conteúdo deve ser parte de um programa de longo prazo que cresce e cresce”.

Isso mesmo.

4) Não tente ferver o oceano

Mais conteúdo nem sempre é melhor para o seu marketing. Uma peça, como o guia, pode ter uma vida própria e crescer para evoluir para um pedaço de marketing que vai durar mais do que qualquer anúncio que você produz.

5) Pare de bater sobre o marketing de conteúdo

Andre e Edouard provavelmente nem sabia o que era marketing de conteúdo. Eles provavelmente não se importavam de ser honestos.

O que eles se preocupam, como cada comerciante lá fora deve, é sobre a solução e não o canal. Lembre-se que e 2014 será o seu ano.

– Veja mais em: http://blog.earnest-agency.com

Abaixo você pode assistir 2 minutos de uma animação feita no lançamento do Guia Michelin Brasil 2016.

Se quiser, baixe o Guia Michelin São Paulo para iOS ou Android.